Cãocurso, oficinas de biscoitos e muito amor pet invadiram o Atlântico neste final de semana

Cãocurso, oficinas de biscoitos e muito amor pet invadiram o Atlântico neste final de semana

 

Cães de todos os tamanhos e raças passaram pelo Atlântico neste sábado, 24, e domingo, 25, na terceira edição do AtlantiCão. O evento reuniu os pets e seus donos com uma programação recheada de bate papos informativos, comidinhas especiais, mostra de tosa artística, show de Agility e adestramento, Cãocurso, desfile de moda e muito mais. Também teve ação social: 13 animais, entre cães e gatos, ganharam um novo lar durante a manhã de sábado.

 

O casal Jonas Vieira e Patícia Veiga adorou a ideia do evento e participou pela segunda vez com seus cães Tomy, um Welsh Corgi Pembroke, e Romeu, um Lulu da Pomerânia. “É muito bom e divertido tanto para nós, quanto para os nossos cães. Moramos perto do shopping e quando participamos pela primeira vez nossos cães passaram a nos “forçar” para entrar no empreendimento sempre, achando que o evento ainda estava acontecendo (risos). É sinal de que eles gostaram”, conta Jonas.

 

Régis da Silva e os filhos Beatriz e Bruno também aproveitaram o final de semana para passear no shopping com o Scooby. Quem o vê, não imagina que a história dele teve um início triste: ele foi abandonado na frente da casa da família Silva, que o recebeu de braços abertos. “Ficamos sabendo do evento pelo Facebook e adoramos. É difícil achar um local fechado para passear com o Scooby, normalmente são todos proibidos. Certamente não só nós, mas ele também achou o Atlanticão muito legal e divertido (risos)”, afirma Régis. A filha dele, Beatriz, participou da oficina de biscoitos saudáveis e disse ter gostado muito. Sorte do Scooby, que agora terá uma cozinheira só para ele.

 

Um dos pontos altos do evento foi no domingo, durante o Cãocurso, que reuniu diversos peludinhos e contou com três categorias: cão mais parecido com o dono,  mais simpático e  com a melhor fantasia. As fantasias tiraram boas risadas do público: teve desde havaiana, que conquistou o primeiro lugar, até cão vestido de Chaves (segundo colocado) e de tubarão (terceiro colocado). Os vencedores ganharam kits e cestas com produtos e serviços das empresas que apostaram nessa ideia junto com o Atlântico.

 

A história que mais emocionou o público foi da cadelinha Amora e a sua dona, Luzia Pereira Cardoso, que faturaram a categoria cão mais parecido com o dono. Foi no abrigo da ONG Viva Bicho que Luzia conheceu e adotou a cachorrinha, que chegou quase morrendo. A emoção de Luzia foi cativante: “Eu sabia que iria chegar o dia que minha Amora iria ser aplaudida”, disse.

 

Outro destaque do segundo dia foi o desfile da Grife Maristela Moda Pet, que levou para a passarela uma prévia da coleção primavera/verão e encantou o público, com saias, suspensórios e jardineiras, em sua maioria jeans.  Os modelitos estão à venda na loja Animal Pet, que fica no piso térreo do empreendimento.

 

O evento contou com o apoio da Chef di Animale, Nestlé Purina, ONG Viva Bicho, fotógrafa Débora Matos, Maristela Moda Pet, Projeto Cães Guia com IFC, Projeto Amor de Guia e Animal Pet.

 

Confira os vencedores do Cãocurso

Categoria Cão Mais Simpático

1° lugar: Zorro                                                                                                                                                

Tutora: Bruna Carlini

 

2° lugar: Loui

Tutora: Elisangela Fernandes

 

3º lugar: Flopy

Tutora: Nora Tapia

 

Categoria Cão Mais Parecido com o Dono

1° lugar: Amora Pereira                                                                                                                   

Tutora: Luzia P. Cardoso

 

2° lugar: Theo

Tutor: Diogo Leragon

 

3º lugar: Lua

Tutora: Kátia Felsky

 

Categoria Cão com a Melhor Fantasia

1° lugar: Meleka

Tutora: Cintia Pagliari

 

2° lugar: Kadú Mendes

Tutora: Lariane Luciano

 

3° lugar: Scooby

Tutora: Valentina